Curso de EspecializaÇÃO (Lato Sensu) em HarmonizaÇÃo EstÉtico-Funcional da Face


 Curso inicializado em Janeiro de 2018

 


Certificação pelo Ministério da Educação (MEC)


Curso ministrado de acordo com a legislação vigente
(Lei 5081/66 e Resoluções CFO 145 e 146/2014)


Coordenação:

joao.png

Prof. João Macedo

Experiência na utilização da Toxina Botulínica desde 1996; Ministra cursos e palestras sobre Toxina Botulínica desde 1998; Doutor em Laser em Odontologia UFBA/UFPB; Especialista e Mestre em Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Faciais – Paris- França; Especialista em Disfunção Têmporo-Mandibular e Dor Oro-Facial – CFO; Professor Assistente Estrangeiro da “Faculté de Medicine Pitié-Salpêtrière” – Paris - França; Sócio fundador da Sociedade Brasileira de Toxina Botulínica e Implantes Faciais (SBTI; Presidente do I Congresso Brasileiro da SBTI; Coordenador do Norte/Nordeste da SBTI; Presidente da Comissão de Ética da SBTI; Sócio da Sociedade Brasileira de Disfunção Temporo-mandibular e Dor Orofacial (SBDOF); Sócio da Sociedade Brasileira de Estudo da Dor (SBED); Membro do Comitê de DTM e Dor Orofacial da SBED; Membro Titular do Colégio Brasileiro de Cirurgia e Traumatologia Buco Maxilo Facial

marcos.png

Prof. Marcos André

Especialista em Cirurgia e Traumatologia Buco Maxilo Facial - UFPE; Especialista em Implantodontia - Funorte; Mestre em Estomatologia - UFBA; Doutor em Imunologia-ICS/UFBA; Coordenador e Professor do Curso de Especialização em Implantodontia FUNORTE / IAPPEM; Coordenador e Professor do Curso de Cirurgias Avançadas e Atualização em Implantodontia / IAPPEM; Coordenador do Serviço de Cirurgia e Traumatologia Buco Maxilo dos Hospitais Aeroporto e Agenor Paiva; Membro Titular do Colégio Brasileiro de Cirurgia e Traumatologia Buco Maxilo Facial; Membro da International Team for Implantology; Sócio fundador da Sociedade Brasileira de Toxina Botulínica e Implantes Faciais (SBTI); Diretor Científico do I Congresso Brasileiro da SBTI; Membro da Comissão de Ética da SBTI; Diretor Científico da SBTI.


Programação Resumida

Anatomia da cabeça e do pescoço;
Fisiologia humana voltada para as alterações estéticas e funcionais da face;
Anestesiologia oro-facial;
Anatomofisiologia do sistema tegumentar;
Avaliação facial e classificação da pele;
Envelhecimento e acne;
Farmacologia e Cosmetologia aplicadas;
Radiofreqüência;
Limpeza de pele;
Pellings químicos;
Preenchedores faciais;
Fios de Sustentação;
Microagulhamento;
Toxina Botulínica;
Bichectomia;
Fototerapia;
Cefalometria;
Proporções Áureas;
Planejamento Digital da face;
Mesoterapia;
Venopunção, PRF e plasma gel;
Visagismo;
Fotografia e Manipulações de Imagem;
Emergências Médicas em Odontologia;
Ética e Legislação Odontológica;
Metodologia Científica;
Bioética.


Quem pode fazer este Curso

Cirurgiões-Dentistas devidamente inscritos nos CFO


Informações sobre o Curso

Data de início:  28 e 29 de Janeiro de 2018

Carga Horária: 470 horas (Domingo e Segunda das 8h às 12h e das 13h às 18h).

Duração: 20 meses

Alguns módulos poderemos ter aulas nas quartas-feiras ou sábados, avisados previamente.

Investimento e forma de pagamento

Investimento: 20 parcelas de R$ 1.500,00

Matrícula: 50% da primeira parcela
(reembolsável em caso de desistência apenas até 15 dias antes do início do curso)

Ex-alunos do IAPPEM tem 5% de desconto



A realização do curso está sujeita à quantidade mínima de matrículas.
Observação: A sua inscrição está sujeita a disponibilidade de vagas no curso.
Este curso será realizado presencialmente em Salvador: Av. Salvador, 33 - Bomfim - Salvador - BA


Política de Cancelamento e Devolução

O Iappem poderá adiar ou cancelar seus cursos no prazo de até 07 dias da data de início, caso o número mínimo de alunos não tenha sido alcançado. Nesse caso, o Iappem irá restituir o valor pago em 100% ou o valor poderá servir de crédito para outro curso, caso seja do interesse do aluno.

Em caso de desistência por parte do aluno, caso ocorra no prazo de até 15 (quinze) dias do início do curso, o Iappem irá restituir o valor da matrícula integralmente.

Se a desistência ocorrer em prazo inferior a 15 (quinze) dias do início do curso, o Iappem não restituirá o valor da matrícula.