curso de ESPECIALIZAÇÃO


logos-chancela.png

13 a 16 de setembro


Coordenação:

marcos.png

Prof. Marcos André

CRO-BA 4515

Especialista em Cirurgia e Traumatologia BucoMaxilo Facial - UFPE; Especialista em Implantodontia - Funorte; Mestre em Estomatologia - UFBA; Doutor em Imunologia-ICS/UFBA; Coordenador e Professor do Curso de Especialização em Implantodontia FUNORTE/IAPPEM; Coordenador e Professor do Curso de Cirurgias Avançadas e Atualização em Implantodontia/ IAPPEM; Coordenador do Serviço de Cirurgia e Traumatologia Buco Maxilo dos Hospitais Aeroporto e Agenor Paiva; Membro Titular do Colégio Brasileiro de Cirurgia e Traumatologia Buco Maxilo Facial; Membro da International Team for Implantology; Sócio fundador da Sociedade Brasileira de Toxina Botulínica e Implantes Faciais (SBTI); Diretor Científico do I Congresso Brasileiro da SBTI; Membro da Comissão de Ética da SBTI; Diretor Científico da SBTI.


Mário_Cézar.png

Prof. Ms. Mário Cézar Silva de Oliveira

CRO-BA 5400
Graduação em Odontologia pela Universidade Estadual de Feira de Santana; Mestrando em Odontologia Clínica pela Fundação Baiana para desenvolvimento das Ciências; Especialista em Prótese Dentária pela UEFS; Professor da Área de Prótese da Universidade Estadual de Feira de Santana

Justificativa

O Programa de Pós-Graduação Lato Sensu, em nível de Especialização, vem ao encontro da necessidade dos profissionais da área odontológica em aprofundarem seus conhecimentos, para oferecer um melhor serviço à população. A complexidade no diagnóstico dos indivíduos portadores de Patologias do Sistema Estomatognático associada à necessidade de um planejamento correto e uma execução que venha a ser de bom termo, só se dará com a melhora do nível dos profissionais da área. Assim, é apoiado neste quadro que o Instituto de Ciências da Saúde (FUNORTE) através do Instituto Agenor Paiva de Pós-Graduação - IAPPEM, busca preencher esta lacuna que tem demanda assegurado em expressos anseios de profissionais oriundos da Odontologia e demais áreas da saúde na nossa região, fortalecendo-se ainda mais como uma instituição preocupada com o desenvolvimento e o bem estar da comunidade.


Objetivos

O profissional da área de saúde é, por excelência, um educador. De sua atuação como agente formador de atitudes preventivas depende a maior parte do sucesso na manutenção da saúde. Capacitá-lo ao diagnóstico precoce, é oferecer à população um profissional apto para atuar, de forma global, em todos os níveis de preservação. Saúde e Educação nunca poderão andar dissociadas: têm que caminhar de mãos dadas. Assim, o programa de IMPLANTODONTIA tem como objetivos:
1 - Implantação na mandíbula e na maxila, de materiais aloplásticos destinados a suportar próteses unitárias, parciais ou removíveis e próteses totais.
2 - As áreas de competência para atuação do especialista em Implantodontia incluem: a) diagnóstico das estruturas ósseas dos maxilares; b) diagnóstico das alterações das mucosas bucais, e das estruturas de suporte dos elementos dentários; c) técnicas e procedimentos de laboratório relativos aos diferentes tipos de prótese a serem executadas sobre os implantes; d) técnicas cirúrgicas específicas ou usuais nas colocações de implantes; e, e) manutenção e controle dos implantes.


Concepção do Programa

O curso presencial de Especialização em Implantodontia vem ao encontro da necessidade da criação de um ambiente que possa dar ao profissional a oportunidade de se interar da nova realidade da profissão, com maior conhecimento técnico e principalmente social.


Estrutura do Curso

harmonizacao-estrutura.png

Metodologia

O curso será realizado com aulas teóricas, laboratoriais práticas e na clínica com atendimento a paciente desenvolvendo o programa de Implantodontia, seminários, usando ainda método de estudo de casos e ensino baseado na solução dos problemas (PDL).


Interdisciplinaridade

As atividades clínicas do curso de implantodontia desenvolver-se-ão em conjunto com as demais especialidades odontológicas:
1) Implantodontia/Ortodontia;
2) Implantodontia e Disfunção Temporomandibular;
3) Implantodontia e Periodontia etc.


Atividades Complementares

Realização de projetos de diagnóstico para reabilitação de indivíduos mutilados, para a melhora da vida desses indivíduos tanto funcionalmente como socialmente, convênios com empresas do município para atendimento dos seus funcionários e dependentes, levantamento epidemiológico das más oclusões e amostra da população, apresentação de trabalhos em congressos e ou jornadas odontológicas.


Trabalho de conclusão

O aluno apresentará no final do curso a uma banca examinadora de três professores especialmente nomeados uma monografia, e ainda apresentar um artigo para publicação.


Certificação

Farão jus ao certificado os alunos que cumprirem o programa dentro das exigências do projeto e tiver uma freqüência mínima de 75% da carga horária em cada disciplina separadamente, assim como um aproveitamento de 70% dos pontos distribuídos em cada uma delas.


Quem pode fazer este Curso

Cirurgião Dentista com inscrição no Conselho Regional de Odontologia do Estado em que exercer a profissão.


Informações sobre o Curso

Curso iniciado em:  13 a 16 de setembro
(As aulas acontecerão uma vez ao mês de quinta a domingo)
Quinta a Sábado: 8h às 12h - 14h as 18h
Domingo: 8h às 12h

Duração: 26 meses

Investimento e forma de pagamento

Investimento: 26 parcelas de R$ 1.300,00
(reembolsável em caso de desistência apenas até 15 dias antes do início do curso)

Ex-alunos do IAPPEM tem 5% de desconto



A realização do curso está sujeita à quantidade mínima de matrículas.
Observação: A sua inscrição está sujeita a disponibilidade de vagas no curso.
Este curso será realizado presencialmente em Salvador:
Av. Salvador, 33 - Bomfim - Salvador - BA


Política de Cancelamento e Devolução

O Iappem poderá adiar ou cancelar seus cursos no prazo de até 07 dias da data de início, caso o número mínimo de alunos não tenha sido alcançado. Nesse caso, o Iappem irá restituir o valor pago em 100% ou o valor poderá servir de crédito para outro curso, caso seja do interesse do aluno.

Em caso de desistência por parte do aluno, caso ocorra no prazo de até 15 (quinze) dias do início do curso, o Iappem irá restituir o valor da matrícula integralmente.

Se a desistência ocorrer em prazo inferior a 15 (quinze) dias do início do curso, o Iappem não restituirá o valor da matrícula.